O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Sport desembarca em Teresina, e Magrão quer por fim em empates Time chegou à capital piauiense no início da tarde desta sexta-feira. Elenco não treina mais e fica concentrado até antes da partida contra o River-PI, na noite de sábado

Por Teresina
Desembarque do Sport em Teresina - Magrão (Foto: Joana D'arc Cardoso)Magrão espera que time quebre sequência de empates co vitória (Foto: Joana D'arc Cardoso)
O avião que trouxe o elenco do Sport para Teresina desembarcou no aeroporto Petrônio Portela por volta das 14h40 desta sexta-feira. O time pernambucano foi direto para o almoço e de lá para a concentração. Magrão, único do grupo a falar com a imprensa, falou da dificuldade sempre encontrada nos jogos contra o Galo, mas que a equipe veio até o Piauí em busca da vitória para deixar a classificação para a próxima fase bem encaminhada.
A comissão técnica preferiu não treinar em Teresina e o time encerrou a sua preparação para esta partida ainda em Recife. Magrão lembra da dificuldade do jogos com o River-PI, que pode ser percebida no histórico do confronto: nas últimas três partidas, três empates por 2 a 2. O goleiro e ídolo do Leão pretende mudar essa história.
- Com o time do River-PI a gente sempre encontra muita dificuldade, tanto aqui quanto em Recife. Tem tudo para ser mais um jogo difícil. A gente encara com muita seriedade e muita atenção para conseguir um bom resultado. A gente está confiante, porque a nossa intenção é conseguir logo a classificação – disse o goleiro no desembarque.
Magrão comentou também do momento atual vivido pelo clube piauiense, que demitiu o técnico Waldemar Lemos na última sexta-feira e será comandado nesta partida pelo auxiliar Lucas Andrade, que ocupa o cargo de treinador interinamente. Para o goleiro, isto pode ser mais um fator de risco para o Sport.
Desembarque Sport - Torcida (Foto: Joana D'arc Cardoso)Alguns torcedores do clube acompanharam o desembarque Sport em Teresina (Foto: Joana D'arc Cardoso)

- Claro que a gente respeita o River-PI, sabe do momento que eles estão passando. A gente sabe também que sempre que há uma mudança de treinador, os jogadores tem um empenho maior – afirmou.
A partida entre River-PI e Sport acontece às 21 horas do sábado de carnaval, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. O jogo é válido pela quarta rodada da Copa do Nordeste, e as duas equipes estão empatadas na liderança do Grupo C com 7 pontos cada. Uma vitória deixa o vencedor com a classificação praticamente garantida para a próxima fase.

Após agredir colega, Walter deixa delegação do Goiás em Rio Verde Atacante deu cotovelada no goleiro Matheus, que chegou a ficar inconsciente; diretoria diz que caso agora é avaliado pela presidência e departamento jurídico do clube

Por Goiânia
Walter, atacante do Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Walter, atacante do Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Após se envolver em uma confusão durante um treino, o atacante Walter foi cortado da delegação do Goiás que está em Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Segundo o diretor de futebol do clube Harlei Menezes, ele agrediu o goleiro Matheus, que chegou a ficar inconsciente e foi internado. A confusão ocorreu durante o treino na manhã de sexta-feira (24), em Goiânia. 

- Houve uma disputa de bola e o Walter deu uma cotovelada proposital nele. Foi uma pancada forte. O Matheus foi levado para a Clínica do Esporte, em Goiânia, onde continuava internado na manhã deste sábado. Ele já recuperou a consciência e está apenas em observação.
Matheus recebeu alta neste sábado, mas ainda ficará em observação. Segundo Harlei, mesmo após a confusão, Walter seguiu com a delegação para Rio Verde. No entanto, houve uma determinação da presidência do Goiás para que o atacante voltasse para a capital. 

- O mesmo carro que buscou o Walter já levou o Aylon, que vai substitui-lo no jogo contra o Rio Verde. Assim, o Walter retornou ainda na noite de sexta-feira. Agora o caso está nas mãos da presidência e do departamento jurídico.

O Goiás enfrenta o Rio Verde, às 16h, no estádio Mozart Veloso do Carmo. A partida é válida pela 7ª rodada do Campeonato Goiano, a segunda do returno.

Confira o comunicado divulgado pelo Goiás:

“Quando tomou conhecimento dos fatos ocorridos no treinamento de sexta-feira, envolvendo o atacante Walter e o goleiro Matheus, a presidência do clube determinou que Walter retornasse  a Goiânia. Em seu lugar a comissão técnica convocou Aylon, que já se juntou à delegação em Rio Verde”.

Sampaio faz oferta tentadora, e Altos libera Diá. Jacaré fecha com Scarpino Diretoria revela esforço para manter treinador potiguar, mas entra em acordo de litígio após acerto verbal do comandante com clube do Maranhão. Ex-Moto assume segunda

Por Teresina e São Luís
Francisco Diá, treinador do Altos (Foto: Stephanie Pacheco)Francisco Diá deixa o Altos e assume o Sampaio Corrêa (Foto: Stephanie Pacheco)
O técnico Francisco Diá não seguirá com o Altos no restante da temporada. O treinador recebeu uma proposta considerada irrecusável do Sampaio Corrêa e faz, no domingo, seu último jogo no comando da equipe piauiense, quando o Jacaré enfrenta o Picos, às 16h, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina. Sem perder tempo, a diretoria do Altos encaminhou um novo técnico: Ruy Scarpino, ex-Moto Club.
- O Diá recebeu cinco propostas para sair. O Sampaio veio com uma proposta boa, não tenho condição de segurar, apesar de querer ele muito aqui. Estou falando isso com ele aqui do meu lado. Estou deixando a porta aberta, daqui a três meses ele volta. Ele faz o jogo do Picos, amanhã, e fechei com o Ruy Scarpino. A partir de segunda, ele é o novo treinador do Altos. E Diá é o novo treinador do Sampaio - confirmou o presidente alviverde Warton Lacerda, explicando que a saída foi consensual.
Francisco Diá substitui Vinícius Saldanha no Sampaio Corrêa, que fez seu último jogo na derrota por 3 a 0 diante do Juazeirense, na Copa do Nordeste. Saldanha estava no comando do time maranhense desde o fim de 2016, na reta final da Série B do Brasileiro. Em 2017, efetivado no cargo, o treinador conseguiu apenas duas vitórias em nove jogos. Foram quatro derrotas e três empates. Sob seu comando, o Sampaio ocupa a segunda colocação no grupo A do Campeonato Maranhense, avançou para a segunda fase da Copa do Brasil e é o lanterna do grupo C na Copa do Nordeste.
Técnico Vinícius Saldanha diz que Sampaio tem que usar postura diferente contra o Sport (Foto: Sampaio /  Divulgação)Técnico Vinícius Saldanha sai do Sampaio Correa (Foto: Sampaio / Divulgação)

Ruy Scarpino, novo técnico do Altos, chega a Teresina no domingo para assistir ao duelo do Jacaré contra o Picos. Pela frente, o treinador vai ter a missão de classificar o Jacaré às quartas de final da Copa do Nordeste, o Campeonato Piauiense e a Série D do Campeonato Brasileiro.  
Ruy Scarpino festeja acesso do Moto Club com a torcida (Foto: Biaman Prado/O Estado)Ruy Scarpino é o novo técnico do Altos 
(Foto: Biaman Prado/O Estado)
- Eu conversei com o gerente Ricardo e o presidente Warton. Existia uma situação aí, e acabei fechando pela manhã. A expectativa é de iniciar um novo trabalho em uma equipe estruturada, bem treinada e trabalhada pelo Diá, que fez um excelente trabalho. Surge a oportunidade agora, recebo com muita satisfação. Chegamos com a missão boa, tem a Copa do Nordeste que podemos brigar pela classificação, que é algo possível. Tem o título estadual e logo depois o Campeonato Brasileiro. É um projeto muito bom, fazer as coisas darem certo - contou Ruy Scarpino.  
Diá comandou a pré-temporada do Altos, a mais longa da história de um time piauiense. Foram 50 dias de atividades. Responsável pela montagem do time, o técnico deixa o Jacaré invicto: em sete jogos, foram três vitórias e quatro empates, um aproveitamento de 57%. O time também conseguiu avançar à segunda fase da Copa do Brasil, mas caiu para o Criciúma, nos pênaltis, na última quarta-feira.

Afinal, quem é o favorito? Fla e Vasco duelam por final; veja raio-x e opine Após semana marcada por provocações, indefinições e expectativa dos dois lados, Clássico dos Milhões define finalista da Taça Guanabara em Volta Redonda

Por Rio de Janeiro
Fla x Vasco - RAIO X (Foto: infoesporte)
Depois de uma semana inteira de indefinições, reuniões, advogados, liminares e juízes, a bola vai entrar em jogo. Flamengo e Vasco se enfrentam neste sábado, às 17h (de Brasília), em Volta Redonda, pela semifinal da Taça Guanabara. O palco está definido, as polêmicas extracampo se dissiparam, mas a discussão iniciada por Paolo Guerrero no último domingo se mantém: quem é o favorito?
Após goleada, Guerrero provoca: "Fla vai ser sempre favorito contra o Vasco"

O GloboEsporte consultou especialistas para chegar a um veredito. Os comentaristas Lédio Carmona, Raphael Rezende, Ricardo Rocha e Roger Flores escolheram o melhor jogador de cada posição. O resultado é a vitória do Flamengo por 8 a 3 (confira os gráficos). Mas há outros argumentos a se levar em consideração na análise, e os apresentamos a seguir:
Fla é favorito por sua força e entrosamento
No time considerado titular do Flamengo, apenas dois jogadores são novidades nesta temporada: Trauco e Romulo se encaixaram bem na proposta. A equipe de Zé Ricardo está bem na frente no quesito entrosamento e isso é notado nas vitórias alcançadas de 2017 - invicto no Carioca. Todos já entendem a forma de jogar do treinador.

Bem reforçado desde o meio do ano passado, o Rubro-Negro é mais forte se compararmos peça por peça do elenco. É diferente daquele que perdeu para Vasco em 2016. Não por acaso chegou a brigar pelo título brasileiro.
O retrospecto recente é ruim, e a pressão pelo fim do jejum existe. Mas, desde o início da semana, o mantra rubro-negro fala em escrever uma história diferente e não olhar o passado. Dos 11 titulares, seis nunca atuaram pelo Flamengo diante do Vasco: Alex Muralha, Réver, Rafael Vaz, Trauco, Romulo e Diego. Além do próprio Zé Ricardo.

O Vasco é favorito pelo retrospecto
De fato, o Flamengo tem um time mais maduro. A continuidade do trabalho de Zé Ricardo e os reforços deste ano representam um estágio mais avançado em relação ao Vasco. O elenco cruz-maltino ainda assimila os conceitos de Cristóvão Borges e vê seus reforços se entrosando aos poucos. Mas, já diria o ex-atacante vascaíno Jardel, clássico é clássico. E vice-versa.

O Vasco está há nove jogos sem perder para o Flamengo. Neste tempo todo, sempre teve um time tecnicamente inferior ao rival. Mas se superou. É como se, nos últimos dois anos, o Cruz-Maltino tivesse tirado a medida certa do rival. E, num clássico deste tamanho, só qualidade técnica não basta: o psicológico conta muito.
Agora você opina!
Argumentos expostos, analistas com suas opiniões. E você, internauta? Quem você acha que é favorito para o clássico? Faça como nossos comentaristas e escolha os melhores em cada posição entre Flamengo e Vasco.
Ficha técnica:
Flamengo x Vasco
Competição: Campeonato Carioca
Data/Hora: 25/2/2017, às 17h (de Brasília)
Estádio: Raulino de Oliveira (Volta Redonda)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço dos Santos
Times prováveis:
Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Romulo, Willian Arão e Diego, Everton, Mancuello e Guerrero
Vasco: 
Martín Silva, Gilberto, Luan, Rodrigo e Henrique; Jean, Douglas, Kelvin, Nenê e Wagner; Thalles.
Transmissão: Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Luiz Carlos Jr e Raphael Rezende) e Rádio Globo/CBN (com Edson Mauro, Eraldo Leite, Álvaro Oliveira Filho, André Luiz e Camila Carelli - Globo FM 98,1 e AM 1220

Gigantes visitaram delegação vascaína em Volta Redonda

image
Gigantes posam com Escudero e Manga no Hotel Seleto- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Em amplo crescimento desde a chegada de Luis Fabiano, o programa Sócio Torcedor Gigante promoveu sua primeira ação no município de Volta Redonda na noite da última sexta-feira (24/02). Os sócios-torcedores Lucas de Melo Rigotti, Rogério Nogueira Pereira, Phellipe Alves da Cunha e Rômulo Souza resgataram uma experiência no Clube de Vantagens e viram um sonho de anos se transformar em realidade.

Os quatro Gigantes estiveram no Hotel Seleto, onde a delegação cruzmaltina está hospedada na Cidade do Aço, e tiveram contato direto com jogadores e membros da comissão técnica antes do jantar. O encontro foi marcado por muita emoção, tendo em vista que foi realizado às vésperas de um clássico contra o Flamengo. Os sócios-torcedores aproveitaram a chance para tirar fotos, pegar autográfos e desejar sorte no decisivo jogo.

Esta é apenas uma das experiências exclusivas que o Sócio Torcedor Gigante pode proporcionar aos vascaínos de todo o Brasil. Os torcedores que ainda não se tornaram um Gigante e querem ter acesso a esse e muitos outros benefícios podem realizar a adesão pelo site www.sociotorcedorgigante.com ou em nossa Central de Atendimento, localizada no Complexo Esportivo de São Januário.

image
Douglas e Gilberto fizeram a alegria dos sócios-torcedores
image
Capitão Rodrigo recebeu o incentivo dos Gigantes em Volta Redonda
image
Nenê posa para foto com os sócios-torcedores- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Texto: Carlos Gregório Júnior

Semifinal entre Fluminense e Madureira divide tricolores da Império Serrano

O tricolor Jorginho do Império torceu para o Madureira no Estadual. Hoje, deixará o clube de lado
Rafael Oliveira
O samba já pede passagem. Mas, já no meio tamborins e surdos ecoantes, Fluminense e Madureira decidem, às 16h30, em Los Larios, quem será o finalista da Taça Guanabara. Um embate regado a confetes e serpentinas que já divide corações nos barracões do carnaval.
Para homenagear os 70 anos do Império Serrano, o Madureira lançou uma terceira camisa verde e branca — as cores da escola. O gesto conquistou os imperianos, que passaram a torcer pelo clube. Mas a semifinal deixou os tricolores da agremiação em situação delicada.
— Torço pelo sucesso do Madureira. Tenho torcido por ele no Carioca. Mas, desta vez, vai ter que me desculpar — diz o compositor Jorginho do Império.
O Madureira estreou sua camisa em homenagem ao Império contra o Flamengo
O Madureira estreou sua camisa em homenagem ao Império contra o Flamengo Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / 19.02.17
A estreia da camisa foi no último domingo, na derrota para o Flamengo. O jogo foi antes do ensaio de rua da escola, e os integrantes torceram juntos pelo Tricolor suburbano. Hoje, cada lado tem o seu próprio desafio. Enquanto o time dirigido por PC Gusmão tenta voltar a uma decisão do torneio (foi finalista em 2007); à noite, a escola desfila na Sapucaí para tentar voltar ao Grupo Especial depois de oito anos.

— Já gostava do Madureira antes da camisa. Passei a infância no clube. Não queria essa semifinal contra o Fluminense — lamenta Eliezer Carvalho, diretor administrativo de bateria.

Vasco encara Flamengo na semifinal da Taça Guanabara

Mais um capítulo de uma rivalidade quase que centenária será escrito na noite desta sábado (25/02) em Volta Redonda. No Estádio Raulino de Oliveira, às 17 horas, Vasco da Gama e Flamengo se enfrentam pela semifinal da Taça Guanabara. O Rubro-Negro tem a vantagem do empate, mas o retrospecto é favorável ao Cruzmaltino, que não perde o "Clássico dos Milhões" há nove jogos. A partida será transmitida para todo país através do canal Premiere.

Ainda sem poder contar com Luis Fabiano, que segue treinando forte para alcançar o ápice da forma física, o treinador Cristóvão Borges manterá a base do time que venceu a Portuguesa na derradeira rodada da fase de classificação. Ao longo da semana de preparação, o comandante fez alguns testes na equipe. A escalação, entretanto, ainda não foi confirmada. No que diz respeito à lista de relacionados, a grande novidade é a presença do colombiano Manga.

image
Nenê conduz bola observado por Arão e Márcio Araújo- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Se Martín Silva, Rodrigo, Luan e Nenê já brilharam contra o Flamengo, outros jogadores vivem a expectativa de disputar o "Clássico dos Milhões" pela primeira vez, casos de Gilberto, Guilherme, Kelvin, Escudero, Douglas, Wagner e Jean. O último, inclusive, não escondeu a alegria ao comentar a chance de representar o Gigante da Colina na maior rivalidade do futebol brasileiro. Jean considera o jogo de logo mais o mais importante de sua vida.

- Cada jogador tem uma maneira de lidar com jogos importantes. Um dá uma chegada mais forte, outro provoca, outro faz a firula... Eu sou mais de fazer a minha, sempre com lealdade. Clássico é clássico, o que tiver que acontecer lá dentro, vai acontecer. Posso dizer que esse é o maior jogo da minha vida, o maior clássico da minha carreira. A alegria que tenho fora das quatro linhas vou tentar levar para dentro de campo. Que seja um dia feliz - afirmou Jean.

Atual bicampeão carioca, o Vasco defenderá uma longa invencibilidade contra o rival. O Cruzmaltino está nove jogos sem saber o que é perder para o Flamengo. Outro detalhe curioso é que nas últimas quatro vezes que encontrou o clube da Gávea numa semifinal de torneio estadual, o Gigante da Colina levou a melhor. O derradeiro confronto ocorreu em 24 de abril de 2016, na Arena da Amazônia, em Manaus, e o Almirante venceu por 2 a 0.

A arbitragem do "Clássico dos Milhões" ficará por conta de Leonardo Garcia Cavaleiro. O profissional terá como auxiliares Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço Massarra dos Santos. O duelo entre vascaínos e rubro-negros poderá ser acompanhado em tempo real nas redes sociais oficial do Vasco da Gama. Os ingressos para a partida estão sendo vendidos desde a última quinta-feira (23), saiba como comprar.
Texto: Carlos Gregório Júnior

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Em jogo duro, Vasco bate Franca em casa e volta a vencer no NBB Após três derrotas, Gigante da Colina vence na competição nacional

Ufa! Após três derrotas no NBB e sob olhares de Hélio Rubens, o Vasco voltou a vencer em jogo disputadíssimo contra o Franca, do técnico Helinho, em partida válida pela 23ª rodada da competição: 79 a 77. Com 16 pontos, Hélio foi o cestinha do jogo, disputado nesta noite no Ginásio Vasco da Gama. Com o resultado, o Gigante da Colina chega a 12ª vitória na competição nacional. O próximo confronto da equipe será contra o Flamengo, dia 11, em Manaus.

image
Helinho brilhou em vitória do Franca - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O JOGO
Precisando vencer para voltar a subir na tabela do NBB,  o Vasco deu trabalho ao Franca do começo ao fim. O primeiro quarto foi marcado por muito equilíbrio no Ginásio Vasco da Gama.  Com destaque para o armador Nezinho, que marcou oito pontos, as equipes empataram por 24 a 24 na primeira parcial.
Mais ofensivo no segundo quarto, o Gigante da Colina melhorou nos rebotes defensivos e também o aproveitamento no ataque. No primeiro minuto, Palacios marcou uma bela cesta de três pontos para os vascaínos. Destaque positivo do time, Marcio conseguiu linda jogada na metade do quarto, sofreu falta e converteu pontos importantes. Com a maior vantagem no jogo (9 pontos), o Cruzmaltino sofreu no fim, mas saiu vencedor com pequena vantagem a frente: 41 a 38.
image
Palacios marcou a cesta decisiva na vitória desta noite 
- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Logo no início do terceiro quarto, o Franca tratou de virar o placar com duas bolas de três pontos. Inspirado pela torcida, a equipe vascaína não desistiu e foi para cima. Em linda bola de Nezinho e boa infiltração de Murilo, o time da casa deixou tudo igual (48 a 48). O Vasco passou a frente no placar após boa infiltração de Wagner na área para mais uma cesta de dois pontos, fechando em 57 a 55.
Como de costume, o último quarto foi muito disputado. A equipe de Franca não desistiu e conseguiu ultrapassar os vascaínos no placar, mas Marcio, aos 6 minutos, acertou ótima bola de três pontos para recolocar o Gigante da Colina em vantagem (64 a 63). Aos 4 minutos, a boa pontaria de Hélio garantiu três pontos decisivos na luta do Cruzmaltino pela vitória. Nos últimos segundos, os vascaínos seguraram vantagem de apenas um ponto. O Franca teve a chance de passar a frente, mas errou o ataque, com direito a Hélio roubando bola e sofrendo falta. O jogador converteu os dois arremessos  abriu vantagem no final. Faltando 5 segundos para o fim, o Franca conseguiu empatar a partida, mas em uma jogada trabalhada pelo Vasco, Palacios aproveitou lindo passe e converteu a cesta do triunfo vascaíno: 79 a 77.

image
Nezinho observa melhor jogada para o Vasco - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Titulares:
Hélio - 16 pontos/3 rebotes/2 assistências
Nezinho - 12 pontos/9 assistências/7 rebotes
Gaúcho - 11 pontos/3 rebotes
Murilo - 9 pontos/6 rebotes
Wagner - 6 pontos/8 rebotes/1 assistência

Entraram

Drudi - 7 pontos/2 rebotes/1 assistência 
Palacios - 5 pontos/2 assistências
Bruninho - Nenhum ponto 

image
Palacios recebe abraço emocionante de Nezinho após a cesta da vitória- Fotos: Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Texto: Matheus Alves

Kelvin projeta semifinal contra o Flamengo

Na briga pelo bicampeonato da Taça Guanabara, o Vasco da Gama vem treinando forte desde o início da semaana visando o clássico contra o Flamengo, marcado para sábado (25/02), às 17 horas, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Sem perder para o rival há nove partidas, o Cruzmaltino precisa do triunfo para avançar à decisão e enfrentar o vencedor do confronto entre Fluminense e Madureira.

image
Kelvin durante treino vascaíno em São Januário - Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Diante do Rubro-Negro, o Gigante da Colina contará com o talento de Kelvin. Contratado por empréstimo junto ao Porto (POR) no início de fevereiro, o atacante não demorou muito para cair nas graças da torcida. O jovem de 23 anos entrou em campo teve um bom desempenho nas três vezes que entrou em campo com a camisa vascaína. O bom início em São Januário foi comemorado pelo jogador.

- Estou muito feliz. Todo mundo me recebeu bem: comissão técnica, jogadores e torcida. Atuamos em São Januário no último jogo e fiquei bastante feliz com a recepção da torcida. Está sendo excelente, mas ainda estou entrando em forma, até porque fiquei um tempo parado. Estou me adaptando bem ao Rio e ao clube. Tem tudo para ser um grande ano para mim e para o Vasco - disse o atacante.

Disputar o "Clássico dos Milhões" é o sonho da maioria dos jogadores que atuam no futebol brasileiro. Quando a bola rolar na Cidade do Aço para o decisivo duelo pela Taça Guanabara, Kelvin poderá estar fazendo sua estreia numa das maiores rivalidades do mundo. Iniciar a trajetória com o pé direito é a grande meta do veloz atacante, que vive a expectativa de ser escalado por Cristóvão Borges.

- A preparação está sendo muito boa, tivemos uma semana cheia. Temos tudo para fazer um grande jogo no sábado. Ainda não sei se vou jogar, o treinador não decidiu ainda, mas estou bastante motivado para essa partida. Nossa equipe vem de uma vitória, algo muito importante, trouxe uma moral ainda maior para nós antes do clássico. Espero fazer um grande jogo para ajudar os companheiros e o Vasco a conquistar uma boa vitória - declarou Kelvin.
Texto: Carlos Gregório Junior

Luis Fabiano e Manga viajam com o Vasco para clássico contra o Flamengo Cristóvão Borges confirma ida dos atacantes para Volta Redonda, mas não garante estreias na partida deste sábado, pela semifinal da Taça Guanabara

Por Rio de Janeiro
O técnico Cristóvão Borges confirmou que Luis Fabiano e Manga Escobar vão viajar com o Vasco para Volta Redonda, palco do jogo contra o Flamengo, neste sábado, pela semifinal da Taça Guanabara. Recém-chegado a São Januário, Fabuloso jogou sua última partida em novembro do ano passado e, desde então, só fazia trabalhos físicos. Apesar disso, o treinador decidiu levá-lo para o clássico.
- Ele trabalhou. Está trabalhando. Quando o jogador é recém-chegado, a gente trabalha com carga e depois vê a reação dele. Ele vai, sim. Depende de como ele se sentir. Ele está há muito tempo sem jogar, mas ele é um dos que... Pode ser - afirmou o técnico, que logo depois afirmou que o atacante será relacionado.
Luis Fabiano Vasco (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)Luis Fabiano se refresca durante treino do Vasco nesta sexta-feira (Foto: Paulo Fernandes / Vasco)
Quando Fabuloso chegou ao Vasco, o presidente Eurico Miranda falou que o jogador seria escalado caso ele quisesse, mesmo com Luis Fabiano admitindo não estar 100% ainda. Apesar de contar com o atacante para o clássico, Cristóvão não garantiu a sua estreia.
-  Não sei qual vai ser a reação dele amanhã depois desses dias de trabalho. Ele tem sentido dores musculares. Vamos ver amanhã como ele vai se sentir, e aí a gente resolve se ele participa. Ele está animado, tem o desejo de participar. A gente não faz planos antes do jogo porque nunca funciona. Depende muito do jogo. Ele está muito longe da forma dele, mas é um jogo de muita motivação - completou Cristóvão. 
Outra possível novidade é a presença do meia Wagner. Cristóvão elogiou a forma física do jogador e admitiu a possibilidade de escalá-lo - durante a semana, o experimentou no time no lugar de Guilherme Costa. Outro teste feito foi a entrada de Douglas em substituição a Bruno Gallo. 
Confira outros tópicos da coletiva de Cristóvão:
Cristovao Borges (Foto: Felipe Schmidt)Cristovao Borges conta com Luis Fabiano e Manga para viagem a Volta Redonda, onde será disputado o clássico (Foto: Felipe Schmidt)
Wagner
Ele tem entrado bem. É daqueles jogadores que chegaram e estavam há um tempo sem jogar, que precisam de readaptação ao nosso jogo. Está bem melhor, bem próximo da forma ideal dele. Agora, precisa de jogos. É outra possibilidade também.    
Thalles
Confiança total. Não se pode discutir os números do Thalles. Ele tem decidido muitos jogos para nós. Está em forma, tem ido muito bem, tem toda a nossa confiança. Nunca duvidamos dele, não. 
Indecisão sobre palco do jogo afetou preparação?
É um jogo para Maracanã. Se estamos tratando de outras coisas que não o jogo em si, lógico que o jogo fica prejudicado. Um jogo como esse a gente tem o hábito de falar sobre ele a semana inteira. Foi uma semana diferente. Em relação ao trabalho, estávamos trabalhando para o jogo independentemente das decisões. O trabalho foi normal. 
Armas do Flamengo
Não preocupa só o Diego. Preocupa o Flamengo. É uma equipe forte, que se reforçou, mexeu menos que o Vasco. Os números estão aí. Mas a nossa equipe é competitiva. Nenê se destaca porque é decisivo, mas a força do nosso jogo é o coletivo.
Exemplo para a sociedade
A gente tem que jogar com torcida mista e ficar tudo bem. Fazer um grande espetáculo para mostrar que é possível. Essa coisa da dificuldade de violência é questão social, não só do futebol. 
Invencibilidade do Vasco contra o Flamengo influencia?
Não tem essa influência, porque a nossa responsabilidade e a dificuldade do jogo não ficam diferentes em circunstância alguma. Nos preparamos para jogar um jogo decisivo, que é o contra o nosso maior rival. É um jogo de grande motivação, de grande rivalidade, que nós queremos muito ganhar.