O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

CAMPEONATO CINQUENTÃO DE PARNAÍBA

Amanhã será a decisão do Campeonato Cinquentão de Parnaíba, uma organização da LPFS - Liga Parnaibana de Futebol Sênior.


A decisão será entre as equipes do Nova Parnaíba e Rachão da Cobrasil, deve ser um jogo pegado, pois as duas equipes treinam juntas, às terças, quintas e as vezes em feriados e finais de semana, no próprio Campo do Curtume Cobrasil.

Há pontualmente 36 dias desde dezembro de 2014 o Rachão não vencia o Nova Parnaíba, na última terça houve a quebra de tabu, e o Rachão da Cobrasil enfiou 6 x 4, onde o taca voltar novamente, e o Nova Parnaíba venceu por 2 x 1, agora resta a decisão de amanhã(31) no Campo do Curtume Cobrasil às 16h00, com a arbitragem de Zé Mário. 

Vai ser um jogo muito pegado.

Nova Parnaíba
 Rachão da Cobrasil
Fotos Esporte do Bom/Blog do Fumanchú e De Olho No Bairro

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Paulistão: Lúcio se despede do Palmeiras e pede desculpas por 'alguns erros' Lúcio teve um final de ano muito ruim em 2014 e foi frequentemente vaiado pela torcida

por Agência Estado

São Paulo, SP, 29 - Já fora dos planos do Palmeiras para a temporada, o zagueiro Lúcio recorreu ao seu perfil em uma rede social para se despedir do clube. Nesta quinta-feira, o jogador pela primeira vez se pronunciou falando da sua saída e pediu desculpas à torcida por "alguns erros". O pentacampeão mundial, entretanto, não anunciou seu destino.

Lúcio não ficará no Palmeiras para 2015
Lúcio não ficará no Palmeiras para 2015
"Quero agradecer à torcida desse clube maravilhoso ao qual passei, peço desculpa por alguns erros, mas fico feliz que atingimos nosso objetivo que era fugir da zona de rebaixamento. Obrigado a todos os dirigentes, colegas de equipe e torcedores. Saio de cabeça erguida", escreveu o zagueiro no Instagram.
Lúcio teve um final de ano muito ruim em 2014 e foi frequentemente vaiado pela torcida. Descontente com a situação e sem espaço na renovação pela qual passa o elenco, ele pediu para sair do clube, conforme revelou o diretor de futebol Alexandre Mattos, há três semanas.
"O Lúcio entende que tem que seguir um novo projeto e peço que vocês entendam porque ele tem que falar sobre isso. Respeitamos muito isso; vamos respeitar esse momento dele e esperar uma definição", afirmou o dirigente. Na ocasião, especulava-se que ele iria para a China. Até agora, entretanto, a transação não foi confirmada.

Mineiro: Cruzeiro contrata Alex, reveleção do Botafogo-SP na Copa São Paulo Meia, de 18 anos, chega para reforçar a categoria sub-20 do clube Celeste, já que o jogador tem mais dois anos para disputar a competição júnior

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 29 (AFI) - Após uma bela campanha na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Botafogo de Ribeirão Preto já começa a ver suas revelações indo embora para outros times. Nesta quinta-feira, o Cruzeiro anunciou a contratação do meia Alex, de 18 anos.A diretoria do clube celeste aguarda a chegada do jogador a Belo Horizonte para definir os últimos detalhes da negociação.
Alex foi um dos destaques do Botafogo-SP na Copa São Paulo de Futebol Júnior
Alex foi um dos destaques do Botafogo-SP na Copa São Paulo de Futebol Júnior
Alex chega ao Cruzeiro para reforçar o time júnior. Provavelmente, o jogador será utilizado na próxima Copa São Paulo, em 2016, já que ainda pode defender a categoria sub-20 por mais dois anos.
O jogador chamou atenção dos treinadores e diretores do Cruzeiro devido ao bom desempenho em campo e passes precisos. Alex deve começar os treinamentos na Toca da Raposa na próxima semana.

Concessionária nega devolução do Maracanã e garante obras olímpicas Empresa afirma já ter enviado novo plano de negócios para reequilibrar contrato de concessão e assegura compromisso em reformar as instalações do Rio 2016

Por Rio de Janeiro

Setor sul Maracanã (Foto: Bernardo Eyng)Consórcio responsável pelo Maracanã descartou possibilidade de devolução (Foto: Bernardo Eyng)
Concessionária do Maracanã e Governo do Estado mostraram um discurso alinhado nesta quinta-feira. O secretário estadual da Casa Civil, Leonardo Espíndola, garantiu que a empresa continuaria responsável pelas instalações olímpicas no complexo. A concessionária garantiu que não pretende devolver a arena, o que vinha sendo cogitado por conta de um desequilíbrio financeiro criado pelas alterações feitas pelo governo no sentido de manter o estádio de atletismo, Célio de Barros, e o parque aquático Julio Delamare. A empresa afirmou que já enviou um novo plano de negócios e aguarda a aprovação do governo. Para as Olimpíadas de 2016, o complexo do Maracanã receberá o vôlei, no Maracanãzinho, o pólo aquático, no Delamare, e uma das quadras de aquecimento na escola Friedenreich - a outra fica dentro do Maracanãzinho, conforme anunciado pelo governador Luiz Fernando Pezão.
Consultada por email, a assessoria da empresa respondeu: "A concessionária Maracanã reafirma o seu interesse em manter o contrato de concessão, que tem um prazo previsto de 35 anos. A concessionária entregou os estudos sobre o reequilíbrio econômico-financeiro do contrato ao Poder Concedente e aguarda a análise e aprovação. As obras referentes ao Parque Aquático Julio Delamare e à quadra de aquecimento do Maracanãzinho se desenvolverão normalmente para atendimento das necessidades dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016".
Estádio Maracanã (Foto: André Durão)Consórcio assegurou as obras no Maracanãzinho e no parque aquático Júlio Delamare (Foto: André Durão)
Pela manhã, no Museu de Arte Moderna do Rio, Leonardo Espíndola discursou no mesmo tom. Ele descartou qualquer preocupação quanto a quem continuará a tocar a operação no complexo nos próximos anos, evidenciando a proximidade do acordo com a concessionária atual.
- Houve um pleito de reequilíbrio econômico e financeiro por parte da concessionária. A gente está estudando, mas todo o investimento no Maracanã, que são basicamente Julio Delamare, onde serão sediadas as competições de polo aquático; a escola Friedenreich, que servirá parte dela como quadra de aquecimento para o vôlei e que ficarão de legado para a escola e nossa cidade; e assim como o Maracanã, onde será sede das Cerimônias de Abertura e Encerramento dos Jogos, são compromissos absolutamente mantidos. Não há nenhum prejuízo nem nenhum problema no sentido de reequilíbrio da concessionária com esses compromissos para o complexo.
Ao responder sobre a indefinição de quem assumiria o complexo, diante das recentes notícias de que a concessionária poderia desistir do contrato de concessão por conta das alterações, ele afirmou:
- Não (há indefinição). A concessionária realizará isso, terá investimento privado. Tanto a escola como o Maracanãzinho, Maracanã e Julio Delamare, não há nenhum problema nisso. O pedido de reequilíbrio é que a gente está estudando, mas os compromissos de investimentos da concessionária estão todos mantidos. O objetivo é que a concessionária permaneça à frente do Maracanã, a gente vai estudar de que forma. Mas o fundamental para tranquilizar é que todos os equipamentos que são fundamentais para a realização dos Jogos e que estão no Complexo do Maracanã, esses compromissos a concessionária mantém. Não houve nenhum pedido de mudança neste sentido.
DESPOLUIÇÃO DA BAÍA DE GUANABARA
Vela raia olímpica baía de Guanabara (Foto: Fred Hoffmann)Raia olímpica da vela será na Baía de Guanabara (Foto: Fred Hoffmann)
O secretário estadual da Casa Civil também falou sobre a meta de despoluição da Baía de Guanabara. Confirmou que os índices propostos na candidatura olímpica estão mantidos. Ele afirmou que André Correa, seu equivalente na pasta do meio ambiente, foi mal interpretado. No último dia 23, Corrêa afirmou ao Sportv.com:
- Aquela questão de meta, 80% de carga orgânica, aquilo não vai acontecer. Precisamos agir com transparência, estamos revendo todo caderno olímpico, a questão central é dar transparência e só estabelecer meta se você tem recurso para cumprir. Não dá mais para ter carta de intenção.
Nesta quinta, durante o lançamento do revezamento da tocha olímpica, Espíndola retrucou:

- O que houve foi uma má interpretação do que o secretário acabou dizendo. O que ele disse é que não vamos despoluir 80% da Baía. Vamos buscar atingir a meta de tratar 80% do esgoto que migra para a Baía. O compromisso está mantido, temos entregas para fazer, dos troncos coletores Faria Timbó e Cidade Nova, onde a gente pretende antes dos Jogos tratar 80% do esgoto que migra Baía de Guanabara, coisa completamente diferente do que tratar 80% da Baía.

Brasília pode ser comprado por "sheik" árabe e vira notícia. Confira! O Portal FI entrou em contato com o diretor de futebol do Brasília, Régis Carvalho, que confirmou a parceria com um grupo de investimentos internacional

por Agência Futebol Interior

Brasília, DF, 29 (AFI) – Chelsea, Manchester CityParis Saint-Germain, Monaco, Inter de Milão... Todos estes clubes possuem em comum o fato de terem bilionários de algum canto do mundo colocando “rios de dinheiro” em seus cofres. City e PSG, mais especificamente, foram comprados por “xeiques” árabes. E nova tendência mundial está de chegada ao Brasil. Nesta quinta-feira, a informação de que oBrasília-DF, atual campeão da Copa Verde e do Brasiliense, será comprado por um “sheik” árabe agitou a imprensa nacional.

Régis Carvalho confirmou parceria do grupo estrangeiro com Brasília
Régis Carvalho confirmou parceria do grupo estrangeiro com Brasília
Portal FI entrou em contato com o diretor de futebol do Brasília, Régis Carvalho, que confirmou a parceria com um grupo de investimentos internacional. O dirigente, contudo, não soube precisar qual a origem dos futuros parceiros do time candango.
“Existe sim um pré-contrato e estamos fazendo uma auditoria antes de que tudo seja oficializado. Inclusive, eles já estão aqui em Brasília. Ainda não sabemos de que país é este grupo. Pode ser que haja, sim, dentro dele algum árabe. O ‘cabeça’ deste grupo tem escritório no Brasil, mas reside na Europa”, explicou, com exclusividade ao Portal FI.
Embora o acordo ainda não tenha sido oficializado, Carvalho disse que o grupo de investidores já tem ajudado o Colorado Candango na montagem do atual elenco, com contratações e renovações. Jogadores como lateral Fernando José, o zagueiro Índio e o volante Pedro Ayub, por exemplo, renovaram seus vínculos.
“Ainda precisamos acertar alguns pontos, como débitos que estão pendentes da temporada passada. Aos poucos, contudo, acreditamos que vamos nos acertando. Com ajuda destes novos parceiros tenho certeza que vamos montar um time competitivo para a temporada”, concluiu.

PSG, de Ibrahimovic, Cavani e Lucas, é exemplo de time adquirido por um
PSG, de Ibrahimovic, Cavani e Lucas, é exemplo de time adquirido por um "sheik" árabe
Com o contrato de parceria assinado, os homens fortes do Brasília continuarão à frente do clube. A tendência é de que o presidente Luis Carlos Alcoforado, o presidente de honra Roberto Marques, além de Régis Carvalho, continuem atuando no clube.
Na última quarta-feira, o Brasília estreou com vitória no Brasiliense, ao bater o Atlético Ceilandense, por 2 a 0. Neste sábado, o time encara o Luziânia pela terceira rodada. Na Copa Verde, o time joga no próximo meio de semana contra o Independente, no Pará.
CONFUSÃO NO STJD
Em 2014, o Brasília viveu um imbróglio jurídico que demorou quase um ano. Dentro de campo, em 24 de abril, o time venceu o Paysandu nas cobranças de pênalti e ficou com o título. Porém, depois de alguns dias o time paraense acusou o adversário de ter atuado na decisão com quatro jogadores irregulares, caso do lateral-direito Fernando José, zagueiro Índio, meia Gilmar e o atacante Igor. Os três primeiros eram titulares absolutos.

No dia 18 de junho, o procurador do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) Alessandro Kioshino fez a denúncia, e no dia 28 de agosto a 1.ª Comissão Disciplinar puniu o Brasília e deu o título do campeonato ao Paysandu. Porém, o time candango conseguiu efeito suspensivo e cancelou a decisão até a realização do julgamento no Pleno do STJD, que aconteceu no dia 27 de novembro e deu decisão favorável aos candangos.

Esta era a última chance do Paysandu ficar com um título no ano em que comemora 100 anos de história. Sob o comando do técnico Mazola Júnior o time foi vice do Campeonato Paraense, da Copa Verde e recentemente do Campeonato Brasileiro da Série C. Em todas as competições o time realizou excelente campanha e voltou a trazer sorriso aos torcedores. Mazola virou ídolo na capital paraense.

Vasco pode ficar sem Julio dos Santos e Douglas Silva na estreia do Carioca Reservas no time do técnico Doriva, jogadores ainda não estão regularizados no Boletim Informativo de Registro de Atletas (BIRA). Prazo vai até esta sexta-feira

Por Rio de Janeiro

julio dos santos vasco treino (Foto: Marcelo Sadio/vasco.com.br)Julio dos Santos (de vermelho) pode ficar fora da estreia do Vasco (Foto: Marcelo Sadio/vasco.com.br)
O Vasco pode iniciar o Campeonato Carioca com dois desfalques no banco de reservas. Dos 27 jogadores inscritos pelo clube no estadual, dois ainda não estão regularizados no Boletim Informativo de Registro de Atletas (Bira): o zagueiro Douglas Silva e o meia Julio dos Santos. O prazo para os nomes aparecerem sem pendências no site da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) e a dupla poder ir a campo na estreia termina nesta sexta-feira - último dia útil antes da partida contra a Cabofriense.
- São transferências do exterior e essa questão costuma demorar um pouco mais. Temos até esta sexta-feira. Acredito que vá dá tudo certo. Mas a chance de o Julio estar apto para jogar é maior - frisou o gerente de futebol Paulo Angioni.
Julio e Douglas Silva são os únicos do elenco envolvidos em transferências internacionais, o que normalmente atrasa as regularizações - no ano passado, Martin Silva e Aranda só estrearam na terceira rodada. O meia veio do Cerro Porteño, do Paraguai, e aparece no Bira com pendência: falta o visto de trabalho. Já a situação do zagueiro, que nem aparece no boletim, é mais complicada. Apesar de ter defendido o Vasco em 2014, ele rescindiu contrato com o Red Bul Salzburg, da Áustria, e ainda falta um documento de liberação para poder assinar o novo compromisso por dois anos com o Cruz-Maltino.
Outros três reforços do Vasco para 2015 ainda não foram regularizados. O lateral Erick Daltro aparece com pendência. Já o zagueiro Aislan e o meia Índio sequer tiveram seus nomes publicados. O trio, no entanto, não foi inscrito no Campeonato Carioca em um primeiro momento.
Os problemas não devem afetar o time titular do técnico Doriva para a partida de domingo contra a Cabofriense, às 17h (de Brasília), em Macaé. Pelos treinos da semana, o Vasco deve ir a campo com Martin Silva, Jean Patrick, Luan, Rodrigo e Christiano; Serginho (Sandro Silva) e Lucas; Montoya, Marcinho e Bernardo; Rafael Silva.

tabela inscritos vasco (Foto: Edgard Maciel de Sá)Dos jogadores inscritos pelo Vasco no Carioca, apenas Douglas Silva e Julio dos Santos ainda não estão regularizados

Justiça anula leilão e Brinco de Ouro volta a ser do Guarani A Justiça entendeu que o valor de R$ 44,4 milhões do primeiro pregão foi bastante abaixo do valor real do empreendimento

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 29 (AFI) – O leilão que decretou a venda do estádio Brinco de Ouro, do Guarani, para a empresa de Relógios Magnum no final de 2014 está anulado. Nesta quinta-feira, o juiz federal Marco Aurélio Chicorro Falavinha decretou que o pregão do dia 28 de novembro foi ilegal, alegando que o valor de R$ 44,4 milhões pagos pela Magnum pelo estádio é bastante abaixo do que vale o empreendimento real. Cabe recurso.

Leilão anulado e Brinco de Ouro volta a ser do Guarani
Leilão anulado e Brinco de Ouro volta a ser do Guarani
Na época, o presidente do Guarani, Horley Senna, pediu para que Roberto Graziano, presidente da Magnum, entrasse no leilão para a compra do estádio Brinco de Ouro da Princesa alegando medo de perder a área para uma empresa desconhecida, que não daria o mesmo aporte financeiro prometido pelo grupo de relógios.
Segundo a Justiça, entretanto, o Brinco de Ouro da Princesa está avaliado em pelo menos R$ 400 milhões, quase cem vezes mais do que o arremate do pregão do dia 28 de novembro.
“O imóvel deve ser submetido a novas hastas públicas pelo valor de R$ 400.000.000,00 para a primeira praça e, não havendo arrematantes, com lance mínimo de 60% do referido valor em segunda praça, como é de praxe (R$ 240 milhões)” escreveu o juiz no despache.
Com a anulação do leilão, o estádio Brinco de Ouro volta, pelo menos até o agendamento de um novo pregão, a ser de posse do Guarani, que terá o empreendimento novamente penhorado pela Justiça para sanar dívidas.

Rodrigo e Yago se desentendem em treino, e zagueiro minimiza: ''Tranquilo'' Jogadores protagonizam lances ríspidos na atividade da manhã desta quarta-feira e volante Sandro Silva chega a conversar com o atacante para acalmar os ânimos

Por Rio de Janeiro

rodrigo yago treino vasco (Foto: Marcelo Sadio/vasco.com.br)Rodrigo e Yago no treino da ultima terça-feira: jogadores protagonizaram lances ríspidos nesta quinta (Foto: Marcelo Sadio/vasco.com.br)
Dois lances mais ríspidos marcaram o treino do Vasco na manhã desta quinta-feira, em São Januário. E ambos envolveram Rodrigo e Yago. Primeiro, o zagueiro acertou o atacante por trás sem a bola. Em seguida, em uma jogada pela direita, o atacante tentou o drible. O camisa 3 impediu e deixou o braço duas vezes na direção do companheiro - que também tentou revidar de forma discreta com o pé. A discussão durou pouco tempo, mas o volante Sandro Silva chegou a conversar com Yago para acalmar o jovem. 
Na entrevista coletiva após a atividade, Rodrigo minimizou o caso e lembrou que lances ríspidos são normais. Segundo ele, todos estão buscando um espaço na equipe.
- Estão todos procurando o seu espaço. Eu treino da mesma forma que jogo, todos sabem disso (risos). Essas coisas acontecem, sempre tem uma ou outra jogada mais forte. Mas depois fica tudo tranquilo da minha parte e da parte dele. Os dois estão querendo muito - frisou.
Com a lesão de Guiñazu, o zagueiro será o jogador mais experiente do time titular do Vasco no início do Campeonato Carioca. Discussões à parte, ele lembrou que sua responsabilidade aumenta sem a presença do capitão e que por isso tenta sempre orientar os mais jovens.
- A responsabilidade aumenta. Tenho que estar sempre orientando. Não apenas os mais jovens, mas os reforços também. Tento passar para eles como foi o ano passada, a cobrança por objetivos. É preciso estar sempre jogando em alto nível para que a torcida reconheça e nos ajude. Temos o objetivo de conquistar o título - frisou.

O Vasco volta a treinar na tarde desta quinta-feira - a atividade será fechada para a imprensa. A estreia no estadual está marcada para domingo, contra a Cabofriense, às 17h (de Brasília), no Moacyrzão, em Macaé.

Valor de mercado do Campeonato Piauiense cai 25% em 2015, diz estudo Cesarino Oliveira, presidente da FFP, questiona os dados apresentados na pesquisa. Gestor argumenta que competição apresenta evolução. Estadual vale R$ 25,5 milhões

Por Teresina

Lançamento Piauiense 2014 (Foto: Renan Morais/GLOBOESPORTE.COM)Lançamento Piauiense 2014 (Foto: Renan Morais)
O Campeonato Piauiense nem começou e de imediato apresentou queda no valor de mercado comparado aos três anos anteriores de disputa. De acordo com estudo realizado pela Pluri Consultoria, o Estadual de 2015 apresentou uma queda de 25% com relação ao ano anterior, fato que coloca o Piauí em último lugar entre as 21 principais competições regionais analisadas.
Para este ano, o Piauiense foi avaliado em 
R$ 25,5 milhões. Os números atuais sofreram uma queda significativa em relação ao valor computado no ano passado, quando a competição foi estimada em R$ 32,4 milhões.
De acordo com a empresa, não é de hoje que os campeonatos estaduais têm perdido o prestígio em relação ao passado. O estudo apontou que o Campeonato Piauiense não fica atrás neste prognóstico. A oscilação tem sido uma marca dos últimos quatro anos (2015-2012), quando a competição estadual foi analisada. Ao contrário do que aponta a pesquisa, Cesarino Oliveira, presidente da Federação de Futebol do Piauí (FFP), discorda dos números apresentados.
Cesarino Oliveira, presidente da FFP (Foto: Renan Morais/GLOBOESPORTE.COM)Cesarino Oliveira contesta números apresentados na pesquisa (Foto: Renan Morais)
- Não concordo. O campeonato nem começou e já estão desvalorizando. Se compararmos a edição de 2014 com relação ao ano anterior, houve um acréscimo de 70% e isso são números reais. Nos últimos anos, a competição tem crescido. Eles não sabem a logística dos clubes e da competição. Não podem fazer esse tipo de avaliação só por conta que são seis clubes participando. Respeito todas as pequisas que são feitas, mas discordo. A partir de março, quando o tiver início a competição, pode ser feita qualquer avaliação - comentou Cesarino.
Em 2015, o clube piauiense com a maior avaliação é o River-PI, valor de R$ 4,1 milhões. Se comparado o valor médio dentre os principais clubes nacionais, o Galo aparece à frente de times como Brasiliense e Luverdense. Entretanto, a empresa de consultoria destaca que este valor não inclui a marca. Para avaliar uma determinada competição, o estudo leva em consideração a somatória do valor de mercado dos elencos (jogadores inscritos na competição) dos clubes participantes. 
Valor de Mercado Campeonato Piauiense 2015 (Foto: Reprodução)Piauiense de futebol apresenta decréscimo no valor de mercado com relação aos últimos 4 anos (Foto: Reprodução)
A queda do valor de mercado da competição local não é uma exclusividade. Além dos estaduais, o estudo analisou as Copas do Nordeste e Verde. No somatório geral, todas as competições apresentam valor de mercado somado R$ 4,7 bilhões, o que representa uma queda de 7% em relação a 2014, e 15% comparado a 2013. Ainda segundo a empresa de consultoria, o eixo Rio-São Paulo perdeu espaço gradativo, enquanto Minas, Sul e Nordeste avançaram.
Evolução Campeonato Piauiense, últimos 4 anos (Foto: Reprodução)Evolução Campeonato Piauiense, últimos 4 anos (Foto: Reprodução)

O Campeonato Piauiense 2015 tem início no dia 14 de março, quando 4 de Julho e Flamengo-PI se enfrentam pela primeira rodada na Arena Ytacoatiara, em Piripiri.

Fabiano admite pressão, mas diz estar pronto para estreia no "Nordestão" "Trator do Nordeste", Fabiano deve ser titular no primeiro jogo do Piauí na competição. Atacante valoriza cobranças no clube: "Tenho certeza que vamos surpreender"

Por Teresina

Fabiano, atacante do Enxuga Rato (Foto: Ramiro Pena)Pressionado, Fabiano garante que cobranças estimulam rubro-anis (Foto: Ramiro Pena/GloboEsporte.com)
Homem de referência no ataque do Piauí, o atacante Fabiano está prestes a começar mais uma temporada juntamente com os seus companheiros de Enxuga Rato. Daqui a uma semana, no dia 5 de fevereiro, o Piauí faz a sua estreia na Copa do Nordeste. O primeiro jogo do Rubro-Anil será contra o Moto Club-MA, no Estádio Albertão. O atacante Fabiano defende que, mesmo com a pressão, a sua equipe irá surpreender na competição regional.
- Estou pronto. Sempre é bom ter pressão para que a gente se dedique mais dentro de campo. Nosso time está bem e evoluindo. Tenho certeza que vamos surpreender no Nordestão – comentou o atacante rubro-anil. 
Donos de características robustas como um trator, Fabiano é destaque no Enxuga Rato. Ele é uma das esperanças de gol no clube na temporada e revela a pressão e vontade de fazer uma boa campanha na Copa do Nordeste.

O Piauí está no grupo C da Copa do Nordeste ao lado de Moto Club, Salgueiro e Náutico.