O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 28 de maio de 2016

DECISÃO DA CHAMPION LEAGUE

28/05/2016 | 15:45
ESTÁDIO SAN SIRO
Milão (Itália)

NESTE FINAL DE SEMANA TEM KART EM PARNAÍBA

Hoje e amanhã terá muita velocidade ali no Pátio da ZPE em Parnaíba, será a II Etapa do Piauiense de Kart, tendo organizações da FAEPI - Federação de Automobilismo do Estado do Piaui, presidente Dr. Léo Lages, e PKC - Parnaíba Kart Club, presidente Gilberto Ramos.

Foto Fumanchú

Todos os pilotos de Parnaíba participarão desta etapa, de Teresina deverão vir, Germano Sales, Guilardo e Gabriel.

Hoje a tarde a partir de 14h, será a tomada de tempo.

Amanhã pela manhã, treino livre, e a partir de 14h a grande corrida.

A FAEPI e o PKC, convidam você que ama velocidade, e esporte de uma maneira em geral, para participar desta grande corrida.

PARTICIPEM!!!

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Parnahyba fecha com Augusto, reforça ataque e confirma retorno de Capela Atacante chega no sábado, treina e se junta ao elenco do Parnahyba para a disputa da Série D. Diretoria repatria antigo camisa 10 bicampeão estadual pelo Tubarão

Por Teresina
Augusto Flamengo-pi (Foto: Emanuele Madeira/GloboEsporte.com)Augusto se apresenta sábado e reforça Parnahyba na Série D do Brasileiro (Foto: Emanuele Madeira/GloboEsporte.com)
Dois novos jogadores foram anunciados pela diretoria para reforçar o Parnahyba na Série D. Augusto, que jogou o Campeonato Piauiense e Copa do Nordeste pelo Flamengo-PI este ano, será apresentado na manhã deste sábado, em Parnaíba. Além dele, o meio campista Capela, que tem o currículo de peso e foi bicampeão com o Tubarão em 2013, chegam para dar força ao elenco. Os jogadores se juntam aos outros reforços do time que estreia contra o CSA, dia 12 de junho, em casa, pelo Campeonato Brasileiro. A diretoria do Tubarão confirmou a contratação dos jogadores. 
- Confirmado. O Augusto se apresenta no sábado, o Capela no domingo e começam a trabalhar. O que estava pesando era á questão salarial. Então, sentamos, conversamos e fechamos. – declarou José Paulo, diretor de futebol do Parnahyba. 
Com experiência na competição nacional, Augusto disputou a Série D do ano passado pelo Guarani de Juazeiro, inclusive foi o autor do gol do empate em 1 a 1 do time cearense com o River-PI, ainda na fase de grupos, em Juazeiro do Norte. O jogador tem vínculo com o Guaraju até junho e está emprestado ao Fla-PI até o dia 30 de maio.
Além de manter o técnico Paulo Moroni, a diretoria fechou com os meias Luís Carlos e com Patrick que atuou pelo clube no returno do estadual. O Tubarão está no grupo A6 da Série D, junto com CSA, Central e Guarani de Juazeiro.  
Capela e Niel Flamengo-PI (Foto: Wenner Tito )Parnahyba negocia volta de Capela (à esquerda) para disputa da Série D (Foto: Wenner Tito )

Filho de ex-Palmeiras, três cidadanias e Simeone: a joia do Atlético de Madri que a CBF 'fisgou'

Marcus Alves, do ESPN.com.br

Gustavo Henrique é uma das apostas da seleção brasileira para o futuro
Gustavo Henrique é uma das apostas da seleção brasileira para o futuro
Ao entrar no San Siro, neste sábado, às 15h45 (horário de Brasília), o Atlético de Madri deverá subir a campo para a final da Champions League, contra o Real Madrid, carregando toda a força de sua cantera com quatro titulares revelados em casa: Gabi, Koke, Saúl e Fernando Torres. Em breve, esse trabalho pode render frutos também para a seleção brasileira. Anote o nome: Gustavo Henrique.
A joia de 16 anos do Atlético entrou no radar da CBF após viagem recente do coordenador de base Erasmo Damiani e sua equipe até a Europa para monitorar garotos ligados ao Brasil. Foi, então, que o meio-campo foi 'fisgado'.
Ele foi convocado nesta semana para um período de treinos da seleção sub-17.
Gustavo Henrique é filho do ex-palmeirense Paulo Assunção. Nasceu em São Paulo, mas, com apenas três meses de vida, se mudou com o pai para Porto, em Portugal. Os seus primeiros chutes foram dados, inclusive, pelos Dragões. Foram dois anos até a ida para o Atlético de Madri, uma passagem de seis meses pelo São Paulo e o retorno ao Atlético.
REPRODUÇÃO
Paulo Assunção ao lado do filho Gustavo
Paulo Assunção ao lado do filho Gustavo
"Sempre comentava com ele que, quando chegasse a uma idade, teria que decidir se queria jogar pelo Brasil. Ele nunca teve dúvida e agora veio essa oportunidade", afirma Paulo Assunção aoESPN.com.br.
A pergunta tinha motivo de ser: ao todo, Gustavo conta com três cidadanias (além da brasileira, espanhola e portuguesa).
"Está todo mundo feliz da vida. Sempre quis representar o Brasil. É o meu sonho", confirma a revelação.
No Vicente Calderón, o jovem jogador está hoje na categoria sub-16, a cadete.
"Por aqui, ensinam desde pequeno a jogar em outras posições. O nosso sistema é o 4-4-2, dois atacam e dois defendem. Fico mais na saída de bola no meio-campo e com uma orientação mais ofensiva", explica Gustavo Henrique.
"Ele atua até mesmo como lateral e zagueiro. Sai mais para o jogo. Eu ficava mais defendendo. No 4-3-3, era o homem que ficava à frente da zaga e não podia sair dali. Difícil fazer gol (risos). Ele, não. Nas partidas, faz gols e distribui assistências", completa Paulo Assunção.
Mesmo ainda novo, Gustavo participa de treinos com os profissionais e recebe, inclusive, conselhos de Diego Simeone.
"Com o primeiro time, temos muito contato, a gente vai treinar, ficam dando conselhos, principalmente o Tiago e o Filipe Luis. O Simeone também fala conosco. Sempre diz que, com trabalho e sacrifício, chegamos onde quisermos", finaliza.

Priscila Rocha posa na praia e mostra resultado de vida saudável

Priscila Rocha, que fará sua estreia como atleta fitness no próximo mês, na competição organizada pela federação NABBA Rio, exibiu suas curvas em um ensaio noturno, realizado em uma praia.
Priscila Rocha - Foto: Marcelo Melim
Priscila Rocha – Foto: Marcelo Melim
Nas imagens, a morena mostrou sua silhueta torneada pelos treinos de musculação e pelas orientações de seu consultor, o ator e personal Paulo Cintura.
Contrária ao uso de anabolizantes e dos excessos, Priscila segue buscando mostrar que é possível ser “gostosa” tendo o corpo natural.
“Meu corpo é natural sem uso de anabolizantes, minha proposta é de que as pessoas mudem seus corpos através da vida saudável e dos exercícios”, diz Priscila Rocha.
12946803_10209031988941103_1245785658_o

Markieff Morris é preso em aeroporto supostamente com maconha Policiais encontraram “item suspeito” com ala-pivô do Wizards, que estava na Philadelphia

Por Ricardo Stabolito Jr.
O ala-pivô Markieff Morris iniciou a offseason da mesma forma que viveu a maior parte da temporada regular: com problemas e polêmica. O atleta do Washington Wizards foi detido pelos policiais do Aeroporto Internacional da Philadelphia nesta quinta-feira com a posse de “item suspeito” entre seus pertences. Segundo a rede CSN, o item era uma quantidade não especificada de maconha.
O jogador de 26 anos estava com um grupo de cinco pessoas, incluindo sua mãe, preparando-se para uma viagem. Ele foi liberado pela polícia pouco tempo depois da apreensão, mas resolveu não fazer declarações sobre o assunto. A franquia de Washington já está ciente da situação, conversou com o atleta e está conduzindo uma investigação própria para apurar o ocorrido.
A breve prisão é mais uma polêmica para a (longa) lista de Morris, que já responde a acusações de agressão no estado do Arizona desde o ano passado. Os constantes problemas fora das quatro linhas e diferenças com a comissão técnica e dirigentes (pela troca do irmão, Marcus Morris) do Phoenix Suns fizeram com que ele fosse negociado com o Wizards em fevereiro.

Promessa do Boavista é um dos suspeitos de estupro coletivo no Rio Jogador de 20 anos já foi elogiado por Clarence Seedorf, em 2013

Lucas Perdomo
Lucas Perdomo, ao centro, está foragido (Foto: Bernardo Gleizer / Flickr Nova Iguaçu)

RADAR/LANCE!
Rio de Janeiro (RJ)
O noticiário desta semana foi dominado pelo bárbaro caso de estupro coletivo em uma comunidade na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Até o momento, a Polícia Civil pediu a prisão de quatro suspeitos de participar do ato contra uma jovem de 16 anos, ocorrido no último sábado. E um deles é jogador do Boavista, clube da Região dos Lagos do estado.

O rapaz atende pelo nome de Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, que está foragido desde a noite da última quinta-feira. O jovem é conhecido como Luquinhas, é tratado como uma das grandes promessas da equipe de Saquarema e, inclusive, já ganhou elogios de Clarence Seedorf, em 2013, quando o ídolo holandês fez um estágio de treinador no Boavista.

Lucas é acusado de ser um dos 33 jovens que amarraram e estupraram a jovem, que disse, em depoimento à polícia, não se lembrar do episódio depois de ter ido à casa do jogador. Eles tinham um relacionamento há cerca de três anos.

O meia-armador atua entre os profissionais do Boavista desde o início de 2014, marcou quatro gols e jogou em quatro oportunidades no Campeonato Carioca deste ano. Lucas tem contrato até dezembro com o clube.

Quantas derrotas tem seu time desde a última do Vasco?

O Vasco alcançou a marca de 27 jogos oficiais sem perder no último sábado, na estreia da Série B. Desde 1º de novembro do ano passado, quando sofreu último revés, muita coisa aconteceu, uma quase milagrosa salvação do rebaixamento, o bicampeonato carioca, muitas vitórias em clássico. Mas e o seu time? Quantas vezes ele saiu de campo vencido desde a última derrota do cruz-maltino?

Daniel Ramalho/Gazeta Press
Daniel Ramalho/Gazeta Press
Última derrota do Vasco em jogos oficiais aconteceu para o Fluminense, no Brasileiro do ano passado
A pergunta é válida, já que não falta quem minimize o feito do Gigante da Colina nesses 199 dias. Se é simples para o clube, imagino que vale o mesmo para todos as principais equipes do Brasil, não é verdade? Pois bem, o Caldeirão Cruz-Maltino levantou todos os compromissos das 40 equipes que participam neste ano das Séries A e B do Campeonato Brasileiro no período e viu que não é bem assim.

O mais perto de igualar o Gigante da Colina foi o Internacional, que perdeu duas vezes apenas desde 1º de novembro, uma para a Chapecoense, ainda no ano passado, e outra para o Veranópolis, no Campeonato Gaúcho de 2016. O Paysandu foi derrotado três vezes, enquanto Corinthians, Cruzeiro, Santos e Náutico sofreram quatro reveses.

Vale lembrar que, de 27 jogos invictos, o Vasco disputou 13 contra adversários de primeira divisão, sendo oito clássicos. Além disso, foi um dos únicos dois times que passou todo o estadual sem ser batido - o outro é o Papão da Curuzu. Em suma, os feitos não foram igualados por nenhum outro dos 40 principais times do país neste ano.

Confira as derrotas de cada um dos 40 times das Séries A e B do Brasileirão desde 1º de novembro de 2015 (atualizado a partir em 19/05/16):

2 derrotas

Internacional
Chapecoense 1 x 0 (Série A - 19/11/15)
Veranópolis 2 x 1 (Gaúcho - 24/02/16)

3 derrotas

Paysandu
América-MG 3 x 1 (Série B - 03/11/15)
Gama 2 x 1 (Copa Verde - 10/05/16)
Operário-PR 1 x 0 (Copa do Brasil - 17/05/16)

4 derrotas

Corinthians
Sport 2 x 0 (Série A - 29/11/15)
Santos 2 x 0 (Paulista - 06/03/16)
Cerro Porteño 3 x 2 (Libertadores - 09/03/16)
Palmeiras 1 x 0 (Paulista - 03/04/16)

Cruzeiro 
Internacional 2 x 0 (Série A - 06/12/15)
Fluminense 4 x 3 (Primeira Liga - 17/02/16)
América 2 x 0 (Mineiro - 16/04/16)
Coritiba 1 x 0 (Série A - 14/05/16)

Santos 
Coritiba 1 x 0 (Série A - 22/11/15)
Vasco 1 x 0 (Série A - 29/11/15)
Red Bull 2 x 0 (Paulista - 28/02/16)
Atlético-MG 1 x 0 (Série A - 14/05/16)

Náutico
Sport 2 x 0 (Pernambucano - 28/02/16)
Santa Cruz 3 x 1 (Pernambucano - 20/04/16)
Santa Cruz 2 x 1 (Pernambucano - 24/04/16)
Criciúma 1 x 0 (Série B - 14/05/16)

5 derrotas

Botafogo Criciúma 1 x 0 (Série B - 07/11/15)
Santa Cruz 3 x 0 (Série B - 14/11/15)
Vasco 1 x 0 (Carioca - 27/03/16)
Vasco 1 x 0 (Carioca - 01/05/16)
São Paulo 1 x 0 (Série A - 15/05/16)

Santa Cruz 
Náutico 2 x 0 (Pernambucano - 01/02/16)
Bahia 1 x 0 (Copa do Nordeste - 14/02/16)
Sport 2 x 1 (Pernambucano - 21/02/16)
Salgueiro 3 x 0 (Pernambucano - 13/03/16)
Bahia 1 x 0 (Copa do Nordeste - 23/03/16)

Brasil de Pelotas
Grêmio 3 x 1 (Gaúcho - 31/01/16)
Juventude 1 x 0 (Gaúcho - 06/03/16)
Internacional 4 x 1 (Gaúcho - 31/03/16)
Grêmio 4 x 1 (Gaúcho - 06/04/16)
Atlético-PR 1 x 0 (Copa do Brasil - 13/04/16)

6 derrotas

América-MG
Paraná 1 x 0 (Série B - 14/11/15)
Guarani 3 x 0 (Mineiro - 04/02/16)
Flamengo 1 x 0 (Primeira Liga - 17/02/16)
Tricordiano 1 x 0 (Mineiro - 05/03/16)
Tombense 1 x 0 (Mineiro - 19/03/2016)
Fluminense 1 x 0 (Série A - 15/05/16)

Ceará
Vitória 1 x 0 (Série B - 14/11/15)
Guarani de Juazeiro 2 x 1 (Cearense - 10/02/16)
Vitória da Conquista 2 x 1 (Copa do Nordeste - 14/02/16)
Fortaleza 2 x 1 (Cearense - 13/03/16)
Santa Cruz 2 x 1 (Copa do Nordeste - 30/03/16)
Santa Cruz 1 x 0 (Copa do Nordeste - 03/04/16)

Chapecoense
Goiás 3 x 1 (Série A - 29/11/15)
Atlético-MG 3 x 0 (Série A - 06/12/15)
Metropolitano 2 x 1 (Catarinense - 10/04/16)
Joinville 3 x 1 (Catarinense - 17/04/16)
Criciúma 3 x 2 (Catarinense - 24/04/16)
Paraná 2 x 1 (Copa do Brasil - 11/05/16)

Vitória
América-MG 4 x 0 (Série B - 10/11/15)
Santa Cruz 3 x 1 (Série B - 28/11/15)
Fluminense de Feira 1 x 0 (Baiano - 28/02/16)
Flamengo de Guanambi 1 x 0 (Baiano - 19/03/16)
Bahia 1 x 0 (Baiano - 08/05/16)
Santa Cruz 4 x 1 (Série A - 15/05/16)

Goiás
Flamengo 4 x 1 (Série A - 08/11/15)
Coritiba 3 x 1 (Série A - 18/11/15)
São Paulo 1 x 0 (Série A - 06/12/15)
Goianésia 3 x 2 (Goiano - 10/02/16)
Atlético-GO 1 x 0 (Goiano - 12/03/16)
River 2 x 1 (Copa do Brasil - 07/04/16)

Vila Nova 
Londrina 1 x 0 (Série C - 08/11/15)
Goiás 2 x 0 (Goiano - 31/01/16)
CRAC 3 x 1 (Goiano - 06/03/16)
Itumbiara 2 x 0 (Goiano - 13/03/16)
Goiás 1 x 0 (Goiano - 24/04/16)
Náutico 3 x 2 (Série B - 17/05/16)

7 derrotas

Bahia 
Santa Cruz 2 x 1 (Série B - 07/11/15)
Boa Esporte 3 x 0 (Série B - 14/11/15)
Náutico 2 x 1 (Série B - 21/11/15)
Vitória 2 x 0 (Baiano - 13/03/16)
Santa Cruz 1 x 0 (Copa do Nordeste - 17/04/16)
Vitória 2 x 0 (Baiano - 01/05/16)
América-MG 1 x 0 (Copa do Brasil - 18/05/16)

BragantinoCeará 3 x 0 (Série B - 10/11/15)
Náutico 2 x 0 (Série B - 28/11/15)
Mirassol 2 x 1 (Paulista A2 - 24/02/16)
Marília 1 x 0 (Paulista A2 - 19/03/16)
Juventus 1 x 0 (Paulista A2 - 03/04/16)
Vila Nova 3 x 1 (Série B - 13/05/16)
Luverdense 1 x 0 (Série B - 17/05/16)

Londrina
Vila Nova 4 x 1 (Série C - 21/11/15)
Rio Branco 2 x 1 (Paranaense - 20/02/16)
Foz do Iguaçu 1 x 0 (Paranaense - 27/02/16)
Atlético 2 x 0 (Paranaense - 10/04/16)
Cruzeiro 2 x 0 (Copa do Brasil - 10/05/16)
PSTC 1 x 0 (Paranaense - 07/05/16)
CRB 1 x 0 (Série B - 14/05/16)

Luverdense
Botafogo 1 x 0 (Série B - 10/11/15)
Paysandu 3 x 2 (Série B - 13/11/15)
Vitória 3 x 0 (Série B - 21/11/15)
Cacerense 2 x 1 (Mato-Grossense - 06/03/16)
Vila Nova 4 x 0 (Copa Verde - 10/03/16)
Operário-VG 2 x 0 (Mato-Grossense - 13/03/16) 
Vila Nova 1 x 0 (Copa Verde - 17/03/16)

Tupi
América 3 x 0 (Mineiro - 31/01/16) 
Uberlândia 1 x 0 (Mineiro - 06/02/16)
Cruzeiro 1 x 0 (Mineiro - 14/02/16)
Villa Nova 1 x 0 (Mineiro - 05/03/16)
Atlético 3 x 0 (Mineiro - 17/03/16)
URT 2 x 1 (Mineiro - 27/03/16)
Goiás 1 x 0 (Série B - 13/05/16)

8 derrotas

Atlético-PR 
Santos 5 x 1 (Série A - 06/12/15)
Paraná 1 x 0 (Paranaense - 28/02/16)
Cruzeiro 2 x 1 (Primeira Liga - 09/03/16)
Coritiba 2 x 0 (Paranaense - 20/03/16)
Toledo 3 x 2 (Paranaense - 27/03/16)
Fluminense 1 x 0 (Primeira Liga - 20/04/16)
Paraná 1 x 0 (Paranaense - 24/04/16)
Palmeiras 4 x 0 (Série A - 14/05/16)

Coritiba
Corinthians 2 x 1 (Série A - 07/11/15)
Grêmio 1 x 0 (Primeira Liga - 07/02/16)
Toledo 3 x 2 (Paranaense - 14/02/16)
PSTC 2 x 1 (Paranaense - 28/02/16)
JMalucelli 1 x 0 (Paranaense - 13/03/16)
Atlético 3 x 0 (Paranaense - 01/05/16)
Atlético 2 x 0 (Paranaense - 08/05/16)
Juventude 1 x 0 (Copa do Brasil - 11/05/16)

Fluminense 
Chapecoense 3 x 2 (Série A - 07/11/15)
Grêmio 1 x 0 (Série A - 19/11/15)
Figueirense 1 x 0 (Série A - 06/12/15)
Atlético-PR 1 x 0 (Primeira Liga - 27/01/16)
Volta Redonda 3 x 1 (Carioca - 31/01/16)
Botafogo 2 x 0 (Carioca - 24/02/16)
Vasco 1 x 0 (Carioca - 17/04/16)
Botafogo 1 x 0 (Carioca - 24/04/16)

Grêmio 
Sport 1 x 0 (Série A - 08/11/15)
Internacional 1 x 0 (Série A - 22/11/15)
São José 2 x 0 (Gaúcho - 12/02/16)
Toluca 2 x 0 (Libertadores - 17/02/16)
São Paulo-RS 3 x 2 (Gaúcho - 24/02/16)
Juventude 2 x 0 (Gaúcho - 21/04/16)
Rosario Central 1 x 0 (Libertadores - 27/04/16)
Rosario Central 3 x 0 (Libertadores - 05/05/16)

9 derrotas

Figueirense
Atlético-MG 1 x 0 (Série A - 08/11/15)
São Paulo 3 x 2 (Série A - 28/11/15)
América-MG 1 x 0 (Primeira Liga - 28/01/16)
Criciúma 2 x 0 (Catarinense - 13/02/16)
Inter de Lages 2 x 1 (Catarinense - 17/02/16)
Chapecoense 1 x 0 (Catarinense - 21/02/16)
Avaí 1 x 0 (Catarinense - 25/02/16)
Brusque 2 x 1 (Catarinense - 06/03/16)
Joinville 2 x 1 (Catarinense - 12/03/16)

Flamengo 
Atlético-PR 3 x 0 (Série A - 29/11/15)
Palmeiras 2 x 1 (Série A - 06/12/15)
Vasco 1 x 0 (Carioca - 14/02/16)
Confiança 1 x 0 (Copa do Brasil - 16/03/16)
Atlético-PR 1 x 0 (Primeira Liga - 23/03/16)
Volta Redonda 1 x 0 (Carioca - 26/03/16)
Vasco 2 x 0 (Carioca - 24/04/16)
Fortaleza 2 x 1 (Copa do Brasil - 04/05/16)
Fortaleza 2 x 1 (Copa do Brasil - 18/05/16)

Palmeiras
Vasco 2 x 0 (Série A - 08/11/15)
Coritiba 2 x 0 (Série A - 29/11/15)
Linense 2 x 1 (Paulista - 13/02/16)
Ferroviária 2 x 1 (Paulista - 28/02/16)
Nacional-URU 2 x 1 (Libertadores - 09/03/16)
Nacional-URU 1 x 0 (Libertadores - 17/03/16)
Audax 2 x 1 (Paulista - 20/03/16)
Red Bull 2 x 1 (Paulista - 24/03/16)
Água Santa 4 x 1 (Paulista - 27/03/16)

Ponte Preta
Internacional 1 x 0 (Série A - 07/11/15)
Figueirense 1 x 0 (Série A - 18/11/15)
Avaí 1 x 0 (Série A - 28/11/15)
Sport 1 x 0 (Série A - 06/12/15)
Oeste 3 x 1 (Paulista - 30/01/16)
Santos 2 x 0 (Paulista - 03/02/16)
XV de Piracicaba 1 x 0 (Paulista - 05/03/16)
Mogi Mirim 1 x 0 (Paulista - 23/03/16)
Corinthians 2 x 1 (Paulista - 30/03/16)

Atlético-GO
CRB 4 x 1 (Série B - 07/11/15)
Sampaio Corrêa 2 x 0 (Série B - 10/11/15)
Macaé 4 x 3 (Série B - 14/11/15)
Bahia 1 x 0 (Série B - 28/11/15)
Anápolis 1 x 0 (Goiano - 05/03/16)
Vila Nova 2 x 0 (Goiano - 27/03/16)
Ypiranga 2 x 0 (Copa do Brasil - 07/04/16)
Anápolis 1 x 0 (Goiano - 16/04/16)
Anápolis 2 x 1 (Goiano - 23/04/16)

Paraná
Náutico 2 x 0 (Série B - 07/11/15)
CRB 2 x 0 (Série B - 10/11/15)
Bragantino 2 x 0 (Série B - 21/11/15)
Londrina 1 x 0 (Paranaense - 24/02/16)
Coritiba 3 x 0 (Paranaense - 06/03/16)
Foz do Iguaçu 2 x 1 (Paranaense - 10/04/16)
Atlético 2 x 1 (Paranaense - 16/04/2016)
Brasil 2 x 0 (Série B - 14/05/16)
Chapecoense 2 x 0 (Copa do Brasil - 18/05/16)

10 jogos

Atlético-MG 
São Paulo 4 x 2 (Série A - 19/11/15)
Grêmio 2 x 1 (Série A - 29/11/15)
Flamengo 2 x 0 (Primeira Liga - 27/01/16)
Figueirense 2 x 1 (Primeira Liga - 07/02/16)
URT 1 x 0 (Mineiro - 27/02/16)
Cruzeiro 1 x 0 (Mineiro - 27/03/16)
Independiente del Valle 3 x 2 (Libertadores - 06/04/16)
Tricordiano 4 x 2 (Mineiro - 10/04/16)
América 2 x 1 (Mineiro - 01/05/16)
São Paulo 1 x 0 (Libertadores - 11/05/16)

Criciúma
Paysandu 1 x 0 (Série B - 21/11/15)
Inter de Lages 3 x 0 (Catarinense - 10/02/16)
Atlético-PR 1 x 0 (Primeira Liga - 24/02/16)
Chapecoense 1 x 0 (Catarinense - 02/03/16)
Fluminense 2 x 0 (Primeira Liga - 10/03/16)
Joinville 1 x 0 (Catarinense - 16/03/16)
Figueirense 2 x 0 (Catarinense - 27/03/16)
Guarani de Palhoça 2 x 1 (Catarinense - 01/04/16)
Operário 2 x 1 (Copa do Brasil - 12/04/16)
Metropolitano 2 x 1 (Catarinense - 24/04/16)

Joinville
Avaí 2 x 1 (Série A - 18/11/15)
Vasco 2 x 1 (Série A - 22/11/15)
Cruzeiro 3 x 0 (Série A - 29/11/15)
Grêmio 2 x 0 (Série A - 06/12/15)
Criciúma 2 x 1 (Catarinense - 06/02/16)
Avaí 2 x 0 (Catarinense - 14/02/16)
Brusque 1 x 0 (Catarinense - 03/03/16)
Chapecoense 1 x 0 (Catarinense - 01/05/16)
Ceará 1 x 0 (Copa do Brasil - 11/05/16)
Ceará 1 x 0 (Copa do Brasil - 17/05/16)

11 derrotas

São Paulo
Cruzeiro 2 x 1 (Série A - 08/11/15)
Corinthians 6 x 1 (Série A - 22/11/15)
Corinthians 2 x 0 (Paulista - 14/02/16)
The Strongest 1 x 0 (Libertadores - 17/02/16)
Ponte Preta 1 x 0 (Paulista - 27/02/16)
São Bernardo 3 x 1 (Paulista - 05/03/16)
Palmeiras 2 x 0 (Paulista - 13/03/16)
São Bento 1 x 0 (Paulista - 10/04/16)
Audax 4 x 1 (Paulista - 17/04/16)
Toluca 3 x 1 (Libertadores - 04/05/16)
Atlético-MG 2 x 1 (Libertadores - 18/05/16)

CRB 
Criciúma 2 x 1 (Série B - 27/11/15)
Murici 3 x 1 (Alagoano - 06/02/16)
Coruripe 1 x 0 (Copa do Nordeste - 16/02/16)
América-RN 1 x 0 (Copa do Nordeste - 02/03/16)
CSA 4 x 1 (Alagoano - 13/03/16)
CSE 1 x 0 (Alagoano - 16/03/16)
Sport 1 x 0 (Copa do Nordeste - 02/04/16)
Murici 3 x 1 (Alagoano - 13/04/16)
CSA 2 x 1 (Alagoano - 16/04/16)
Coruripe 1 x 0 (Alagoano - 24/04/16)
Vasco 1 x 0 (Copa do Brasil - 11/05/16)

Oeste
Santa Cruz 3 x 1 (Série B - 10/11/15)
Atlético-GO 3 x 1 (Série B - 20/11/15)
São Bernardo 1 x 0 (Paulista - 02/02/16)
Ituano 1 x 0 (Paulista - 13/02/16)
Rio Claro 2 x 1 (Paulista - 24/02/16)
Corinthians 1 x 0 (Paulista - 27/02/16)
Capivariano 2 x 1 (Paulista - 23/03/16)
Ferroviária 2 x 0 (Paulista - 26/03/16)
Audax 3 x 1 (Paulista - 30/03/16)
São Paulo 2 x 1 (Paulista - 02/04/16)
Atlético-GO 1 x 0 (Sèrie B - 13/05/16)

Sampaio Corrêa
Bragantino 3 x 0 (Série B - 14/11/15)
CRB 2 x 1 (Série B - 21/11/15)
Moto Club 2 x 1 (Maranhense - 21/02/16)
Maranhão 1 x 0 (Maranhense - 28/02/16)
Ceará 3 x 1 (Copa do Nordeste - 02/03/16)
Vitória da Conquista 1 x 0 (Copa do Nordeste - 10/03/16)
Imperatriz 3 x 2 (Maranhense - 19/03/16)
Inter de Lages (Copa do Brasil - 20/04/16)
Figueirense (Copa do Brasil - 11/05/16)
Vasco 4 x 0 (Série B - 14/05/16)
Moto Club 2 x 1 (Maranhense - 18/05/16)

12 derrotas

Sport 
Cruzeiro 3 x 0 (Série A - 15/11/15)
Salgueiro 1 x 0 (Pernambucano - 31/01/16)
América 1 x 0 (Pernambucano - 03/02/16)
Fortaleza 2 x 1 (Copa do Nordeste - 09/03/16)
Salgueiro 1 x 0 (Pernambucano - 27/03/16)
CRB 2 x 1 (Copa do Nordeste - 30/03/16)
Aparecidense 2 x 0 (Copa do Brasil - 06/04/16)
Campinense 1 x 0 (Copa do Nordeste - 17/04/16)
Salgueiro 1 x 0 (Pernambucano - 24/04/16)
Aparecidense 2 x 1 (Copa do Brasil - 28/04/16)
Santa Cruz 1 x 0 (Pernambucano - 04/05/16)
Flamengo 1 x 0 (Série A - 14/05/16)

17 derrotas

Avaí 
Atlético-PR 2 x 1 (Série A - 07/11/15)
Fluminense 3 x 1 (Série A - 22/11/15)
Criciúma 1 x 0 (Catarinense - 31/01/16)
Chapecoense 2 x 1 (Catarinense - 11/02/16)
Internacional 3 x 0 (Primeira Liga - 17/02/16)
Criciúma 2 x 0 (Catarinense - 05/03/16)
Coritiba 3 x 0 (Primeira Liga - 10/03/16)
Metropolitano 4 x 1 (Catarinense - 13/03/16)
Camboriú 1 x 0 (Catarinense - 17/03/16)
Chapecoense 4 x 0 (Catarinense - 20/03/16)
Joinville 1 x 0 (Catarinense - 26/03/16)
Brusque 1 x 0 (Catarinense - 03/04/16)
Figueirense 1 x 0 (Catarinense - 10/04/16)
Operário-MT 1 x 0 (Copa do Brasil - 21/04/16)
Inter de Lages 2 x 0 (Catarinense - 24/04/16)
Bragantino 1 x 0 (Copa do Brasil - 03/05/16)
Bahia 2 x 1 (Série B - 14/05/16)